Menu de Navegação de Páginas

Artigos Mais Recentes

Para rir e pensar em inglês: The Fools, faz imersão de 18 a 20 de outubro

Publicado por em 07/10/2013 em Sem categoria | 0 comentários

The Fools é uma imersão única que propicia aos participantes experiências lúdicas do cotidiano em um clima de convívio total, durante um final de semana inteiro! Isso mesmo! São 48 horas de conversação totalmente em inglês que se realizam em meio à natureza, no Sítio Pé na Terra, em Novo Hamburgo.
Dias 18,19 e 20 de outubro, das 17h de setxa-feira às 17h de domingo, acontece a próxima edição desse encontro. Ficou interessado? Saiba mais!

O projeto The Fools – English Immersion foi criado para despertar o interesse daqueles que procuram qualificar seu aprendizado de língua inglesa, por meio de uma imersão total, ouvindo, falando e interagindo em inglês como se estivessem em outro país.

São 48 horas de conversação direta e natural pelo valor de R$ 360,00 por pessoa, incluindo alimentação vegetariana e hospedagem compartilhada. Não importa a idade, seu nível de inglês e seu grau de timidez! Basta ter estudado um pouquinho na escola, em cursos avulsos ou na vivência direta, para se integrar. Solte-se e divirta-se! Sempre em inglês!

Leonardo Alano, Milena Escarrone, Lourenço da Rosa, Diego Alano e Marcos Langhans compõem o grupo de idealizadores do projeto. Os cinco amigos, alguns deles professores, já moraram em diferentes lugares do mundo e acabaram se encontrando na Lomba Grande, em Novo Hamburgo. Hoje, eles compartilham as vivências adquiridas, orientando os participantes da imersão e facilitando cada uma das atividades.

A próxima edição do The Fools acontece entre os dias 18 e 20 de outubro. As reservas podem ser feitas diretamente pelo site, clicando AQUI.

Embarque nessa nova ideia! Faça a inscrição e garanta sua vaga para uma divertida e inusitada imersão em inglês!

What?  English Immersion – The Fools

When? 18, 19 e 20 de outubro

Where?  Sitio Pé na Terra  | (51) 3596 1103

How much? R$ 360,00 por pessoa

                        

Leia Mais

Jantar no Mesa de San Miguel carregado de Axé

Publicado por em 02/10/2013 em Gastronomia | 0 comentários

Comida da Terra da Preta Velha é o tema do próximo encontro do antirrestaurante Mesa de San Miguel, dia 12 de outubro. Estrelada pelo instigante vatapá de galinha caipira que se faz acompanhar, obrigatoriamente, pelo acaçá, um delicioso creme de arroz com leite de coco que lhe faz contraste, arranjo típico da comida africana, sabiamente incorporado à culinária baiana. Eles serão precedidos por um picante amalá de quiabo com camarões e seguidos de um soberbo mungunzá, de quindins e de uma torta de abacaxi.

O jantar deste dia especial cruza duas linhas de pesquisa do Mesa de San Miguel: a das comidas étnicas, no caso, a dos pretos da Bahia, e a do resgate de receitas de antigo e respeitável restaurante de Porto Alegre e que ficaram na lembrança de muitos de nós: o Sans Souci. è de lá que vêm as receitas do vatapá, do acaçá e da torta de abacaxi.

Porém, há um detalhe a mais: o vatapá, o acaçá, o amalá e o mungunzá, além de serem pratos da culinária negra da Bahia (e, acaso, existe outra culinária que possa ser chamada de baiana?), quando preparados pela iabá, a cozinheira iniciada no rito do candomblé (ou da umbanda), na cozinha do terreiro, com suas vestes e colares de contas rituais, em fogão a lenha, panela de barro, colher de pau, mexendo da direita para a esquerda, de trás para a frente, e outras exigências mais, tornam-se Comidas de Santo.

Assim, o quiabo com camarão se transforma no Amalá que pode seduzir Xangô, o Vatapá de galinha com camarão seco também passa a ser comida sua, enquanto o Acaçá e o Mungunzá, comidas brancas e adocicadas (a primeira feita com creme de arroz e leite coco e a segunda de milho branco quebrado, creme de arroz e leite de coco), se transformam em comidas do orixá maior: Oxalá, que no sincretismo religioso baiano é Nosso Senhor do Bonfim. Finalmente, o quindim deixa de enfeitar as vitrines das nossas doçarias e vira comida de Oxum, mulher de Xangô.

É, minha gente, no Mesa de San Miguel é assim: comida com informação!

Então, sejamos claros, os convivas estão sendo chamados a comer um vatapá de galinha e não a comida de Xangô. Pois esta maravilhosa e abençoada Comida de Santo se come somente nos terreiros e sem garfo, faca ou colher, como a Morena muito bem ensinava.

No nosso encontro, vamos oferecer o menu harmonizado com um belo vinho branco português um branco que mistura excelentes castas: Antão Vaz, Arinto, Perrum e Siria. De aspeto brilhante, boa cor, aromas tropicais e ligeiramente especiado, corpo nobre, intenso, com boa fruta, secura equilibrada, final elegante e com boa persistência, características que lhe conferem um toque requintado, evocando os manjares reais de outrora. Para receber a todos, teremos o nosso tradicional brinde com espumantes. Desta vez com crémant francês Loup  Cholet de Bourgogne Brut. Quem quiser levar o seu próprio vinho, fique à vontade. Nosso antirrestaurante não cobra rolha, nem taxa de serviço. 

Para fazer sua reserva basta enviar um e-mail para sanmiguelmesa@outlook.com. Você será contatado para receber os dados de pagamento, que deverá ser feito até 24 horas depois para a confirmação. O endereço e indicações de como chegar serão passados assim que confirmado o depósito. O valor por pessoa é de R$ 130,00, sem bebidas e R$ 170,00 para o jantar harmonizado. Antecipe sua reserva e garanta seu lugar. 

Leia Mais

Primavera Los Reyes

Publicado por em 30/09/2013 em Gastronomia | 0 comentários

Los Reyes restaurante apresenta Menu de Primavera
Aberto em junho de 2013, restaurante inspirado na tradição da gastronomia pampiana tem cardápio elaborado com técnicas contemporâneas e menu de confiance elaborado com produtos da estação, privilegiando a produção local. às segundas-feira, restaurante oferece o carreteiro do chef com valor promocional
 
Inaugurado dia 25 de junho sob comando do empresário e produtor cultural Carlos Branco e da designer Lisete Zepka com o chef Otavio Lupi, Los Reyes atua com um cardápio de resgate, no qual o chef segue com reverência receitas tradicionais e passa por caminhos contemporâneos sem perder a essência do sabor no resultado final. 
 
Um Menu de Confiance é montado a cada dia de acordo com as opções do mercado e a inspiração do chef oferecido por um preço único. O cardápio geral é extenso e muda de acordo com as estações do ano. 
 
Pois com a chegada das temperaturas mais amenas (espera-se!), a casa trabalha com o Menu de Primavera com uma proposta completa que vai desde o couvert passando por entrada e prato principal até chegar à sobremesa. O custo é único e tem valor médio de R$ 92,00. 

Nesta nova temporada, toda segunda-feira, o chef oferece um carreteiro à sua moda, elaborado com arroz italiano especial para risoto e charque preparado na casa (foto). Neste dia, o menu completo tem custo promocional de R$ 65,00.

 
Veja o exemplo do que será servido nesta segunda-feira, dia 30 de setembro:

Couvert: Crostines de pão caseiro, manteiga de ervas e variedades para acompanhar.

Entrada: Xixo de legumes variados defumados na parilla e temperados com o azeite de carvão da casa.

Prato Principal: Sensacional carreteiro com o charque de picanha Angus feito na casa.

Sobremesa: Suave ambrosia feita com ovos orgânicos em duas dimensões de textura.

 
De terça a sábado, são apresentadas duas ou três alternativas de cada etapa para escolha do cliente.
As opções surpreendem e atiçam o paladar. Entre as entradas, a casa apresenta outras opções. Entre elas, a Salada crioula (agrião e radite, pimentão vermelho assado, finíssima cebola roxa e tomatinhos ao azeite de agrião) e um tentador Consomé de camarão com finíssimas vagens na manteiga, flores de capuchinha e exuberante camarão à parrilla.

Já  entre os pratos principais, as escolhas podem ser entre carnes diversas como o Assado de tira Wagyu simplesmente grelhado na parrilla com purée de batata e pimentão assado, cebolas caramelizadas no balsâmico e ar de gorgonzola ou Paleta de cordeiro, tenra e suculenta, assada lentamente e servida com gnocchi de abóbora, agrião na manteiga e exuberante shiitake à parrilla e ainda um Filé de peixe branco assado acompanhado de mandioquinha às brasas, lâminas de funcho e pequenas pérolas ao limão siciliano (Foto Carmem Gamba).
 
E para encerrar a experiência gastronômica, uma das opções de sobremesa é a Suave Ambrosia feita com ovos orgânicos  em duas dimensões de textura e Mil folhas de peras em calda com mousse de leite condensado. 
 
O nome do restaurante é uma homenagem de Branco ao seu escritor preferido desde a adolescência, Julio Cortázar. A casa, uma construção de 1938, contempla o desejo dos proprietários de respeitar a sabedoria antiga.  Em seu interior, a contemporaneidade foi incorporada à arquitetura e à decoração, e amalgamada à arte, que está no design, nos quadros, entre os quais litografias de Matisse, Miró, Chagall, Picasso, Dufy e Dalí, e à música ambiente. O repertório está aos cuidados de Branco, cujo patrimônio musical é gigante, mas a sua coleção de mais de 7000 discos permite que se tenha uma ideia das belas trilhas que harmonizarão com os deliciosos jantares.

 
                                   RESTAURANTE LOS REYES
                           Rua Auxiliadora, 248 | 51 3233 2106
                         De segunda a sábado, das 20h às 24h
Leia Mais

Lareirau de Outubro na Pousada do Engenho

Publicado por em 30/09/2013 em Evento, Gastronomia | 0 comentários

Feriados e datas especiais no calendário são motivos de sobra para ter festa na Pousada do Engenho. Para não fugir à regra, dia 12 de outubro, sábado, tem Lareirau (a divertida versão serrana do luau ao pé da lareira).

Desta vez, Alex Alano, proprietário da casa, cantor e compositor, divide o palco com os talentos de Marisa Rotenberg (voz e violão), Gélson Oliveira (voz e violão), Giovanni Berti (percussão) e César Ratão Moraes (baixo e vocal).  Os embalos com muita música boa em torno da grande lareira do salão do Engenho são acompanhados por espumantes, vinhos e petiscos que animam a noite chamando o público pra parceria na cantoria e na dança!

O encontro começa por volta das 22h e é aberto a hóspedes e visitantes. As reservas devem ser feitas diretamente na Pousada do Engenho por e-mail (pousadadoengenho@pousadadoengenho.com.br) ou pelos telefones (54) 3244 1270 / (54) 3244 3887 / (54) 9181 9577.

Curta a página no Facebook                                             

Foto: Andrea Dórea    |  Assessoria de Imprensa: Nexo Comunicação

Leia Mais

Culinária Tailandesa com Luciano Lunkes no Mesa de San Miguel

Publicado por em 23/09/2013 em Gastronomia | 0 comentários

 

O próximo encontro do Antirrestaurante Mesa de San Miguel resgata uma culinária que em sua base é simples, mas que desperta os sentidos pelo seu perfeito equilíbrio entre o salgado, o doce, o azedo, o picante e o amargo. Estamos falando da gastronomia tailandesa.

Com uma variedade de saladas, frutas, sopas, noodles e carnes grelhadas ou assadas, a cozinha tailandesa é uma das poucas do globo que soube combinar todos esses itens de forma balanceada e elegante, proporcionando uma comida saudável.  O uso dos vários tipos de temperos como pimenta, galanga e curry também fazem parte da típica comida da Tailândia e despertam um aroma e sabor peculiar.

No comando dessa experiência excepcional, o Mesa de San Miguel terá como convidado o chef Luciano Lunkes, que preparou um menu completo que vai desde o amuse bouche até a sobremesa. Quem quiser levar seu próprio vinho, pode seguir a sugestão do chef que recomenda um bom riesling. Seguindo suas orientações, teremos na casa um belo riesling australiano, mas vamos também ousar com um vinho verde português e um branco californiano, ambos recomendados pela enóloga da Porto a Porto, Carolina Pozzebon. Esses vinhos integram o jantar harmonizado.

culinaria thaiPara participar, basta enviar um e-mail para sanmiguelmesa@outlook.com solicitando a reserva. Você será contatado para receber os dados de pagamento, que deverá ser feito até 24 horas depois para a confirmação. O endereço e indicações de como chegar serão passados assim que confirmado o depósito.

O valor por pessoa é de R$ 130,00. sem bebidas e R$ 170,00 para o jantar harmonizado. Antecipe sua reserva e garanta seu lugar. Somente 14 pessoas são recebidas em nossos encontros. Confira o menu:

Cavalo Galopante
Finger food à base de pasta aromática de frango, porco e camarão servida sobre “moedas” de manga, abacaxi ou kiwi. Uma maneira simples, colorida e elegante de começar o jantar tailandês.

Pad Thai Salad
O pad thai é um dos pilares da gastronomia tailandesa. Com base em massa de arroz, ovos, broto de feijão, amendoim e alguma carne, esse stirfry é um dos pratos mais requisitados da cozinha thai. Na releitura proposta, o prato será apresentado na forma de uma salada fria, colorida e refrescante.

Curry de porco, abacaxi, tomates e jiló
Esse curry é um exemplo primoroso da engenhosa alquimia dos mestres siameses por sua combinanação de frutas em pratos salgados. Acompanha arroz branco.

Pérolas tailandesas ao coco, baunilha e gengibre com manga marinada no balsâmico

A tapioca tailandesa não tem relação alguma com a  nossa "tapioca-brasilis", embora a mandioca seja o ingrediente principal do produto. É uma versão asiática desta sobremesa bem conhecida em terras gaúchas: o sagu.

A técnica tailandesa de execução exige a paciência de um samurai japonês: são necessários três dias de preparo para colocar-se à mesa um prato de pérolas brancas, voluptuosas e inchadas, que deslizam pela boca carregando consigo os sabores suaves de coco e gengibre.  

A leve acidez do balsâmico das mangas contrasta perfeitamente bem com a doçura aveludada do coco  e confere um contraste híbrido à essa sobremesa de DNA levemente ítalo-siamês.

Vinhos (para o jantar harmonizado)

Ironstone Obsession Symphony – A uva Symphony, varietal branca muito aromática, é um cruzamento de Muscat de Alexandria com a Grenache Gris. Produz vinhos leves com personalidade. A vinícola Ironstone, da Califórnia,  é uma das poucas vinicolas a produzir essas uvas. O vinho tem  cor amarelho palha com reflexos verdeais e seu aroma é frutado e com caracteristicas florais bem marcantes. Na boca é levemente seco, frutado, saboroso, refrescante e de final intenso.

Varanda do Conde Alvarinho e Trajadura – Vinho de aspecto límpido e cor citrina. Seu aroma é frutado e muito elegante, com destaque para os frutos tropicais frescos e delicados. Na boca é encorpado e equilibrado, a frescura das frutas e a excelente combinação das uvas Alvarinho e Trajadura lhe dão um toque especial e apelativo.

Wakefield Estate Range Riesling- A Wakefield é uma tradicional vinícola da Austrália cujos vinhos refletem o terroir único do Clare Valley. Nessa região a Riesling é rei, ganhou reputação internacional entre os melhores vinhos dessa casta. De cor amarelo palha com reflexos esverdeados, esse riesling tem aromas florais de pétalas de rosa acompanhados de um leve toque de casca de limão. Vinho seco, corpo médio, acidez bem estruturada, refrescante e com um final muito agradável.

O chef
Gaúcho de Montenegro, Luciano Lunkes divide seus talentos em duas paixões: a gastronomia e a música. Com formação acadêmica em Regência pela UFRGS, Lunkes foi para Hungria estudar e se especializar em música. Em Nova York, estudou gastronomia e formou-se na The French Culinary Institute. Foi private chef da estilista italiana Donatella Versace e também serviu suas criações para as grifes Calvin Klein e Christian Dior.

 

JANTAR TAILANDÊS NO MESA DE SAN MIGUEL

Chef convidado: Luciano Lunkes

Sábado, 28 de setembro, 20h30min

Jantar harmonizado: R$ 170,00

Jantar sem bebidas: R$ 130,00

Reservas: sanmiguelmesa@outlook.com

 

Leia Mais

O segredo do locro no Mesa de San Miguel

Publicado por em 06/09/2013 em Gastronomia | 0 comentários

Locro e música argentina ao vivo no Mesa de San Miguel
O verdadeiro prato nacional da argentina está no jantar de sábado, dia 14 de setembro

Música ao vivo com a cantante Sheila Villanova e o guitarrista Walter Mieres completam o mergulho na cultura e na gastronomia popular da Argentina no próximo encontro no antirrestaurante Mesa de San Miguel.

Nosso anfitrião Luiz Roberto Pecoits Targa resgatou uma receita excepcional e bastante comum entre nossos hermanos, mas ainda pouco conhecida aqui deste lado da fronteira. Chama-se Locro (do quechua ruqru ou luqru) e tem origem na cozinha dos povos indígenas pré-colombianos da América do Sul.

O prato foi sendo adaptado e transformado ao longo do tempo e do espaço, sofrendo acréscimos, mas sua base predominante vegetal (milho, feijão, abóbora), permanece a mesma desde então, bem como permanece o mesmo método de preparação: uma longa cocção.

Variam as carnes que o integram e muito pouco os vegetais. Assim, o Noroeste argentino também o prepara com mandioca e pode-se encontrar também com grão de bico. Os temperos são louro, cebola, alho poró, páprica picante (ou doce) e pimenta. Seu consumo partiu do Noroeste da Argentina e de Cuyo, espalhando-se pelas demais províncias e cada uma cria sua receita própria. O locro também faz parte da culinária do Chile, Equador, Paraguai e Peru. É o verdadeiro e popular prato nacional da Argentina.

O jantar será abrilhantado (só sendo argentino para tal !) com o canto de Sheila Villanova e o guitarrista Walter Mieres. Músicas argentinas, é claro! Além do Locro, serviremos uma salada marroquina como entrada e pavlova de sobremesa.

O valor por pessoa é de R$ 130,00 sem harmonização  ou R$ 170,00 harmonizado.
Para participar deste encontro, basta enviar um e-mail para sanmiguelmesa@outlook.com solicitando a reserva até o dia 10 de setembro. Você será contatado para receber os dados de pagamento, que deverá ser feito até 24 horas depois para a confirmação. O endereço e indicações de como chegar serão passados assim que confirmado o depósito.

No antirrestaurante Mesa de San Miguel, é permitido que os participantes levem seu vinho ou outra bebida, sem cobrança de rolha. A cada edição, há uma sugestão de vinhos oferecidos por garrafa no local por preços bem amáveis. E para os que preferem uma experiência completa, aliando praticidade, qualidade e prazer, o melhor é optar pelo menu harmonizado com vinhos importados pela Porto a Porto. Nesta edição a estrela é o Malbec, por supuesto! Orientados pelo sommelier da Porto a Porto, escolhemos dois Malbecs para a ocasião: Nieto Sentiner DOC, de Lujan de Cuyo, e Don Nicanor, Vale de Vistalba, ambos de Mendoza.

Para o welcome drink, serviremos um espumante para todos, por conta da casa e para as sobremesas temos um Madeira Justino's. Estas opções estarão disponíveis no menu harmonizado pelo total de R$ 170,00.
O menu sem harmonização é R$ 130,00.

JANTAR COM MÚSICA E LOCRO
NO MESA DE SAN MIGUEL

Sábado, 14 de setembro, 20h30min

Reservas: sanmiguelmesa@outlook.com
Até dia 10, terça-feira

Menu harmonizado R$ 170,00
Menu sem harmonização R$ 130,00
FOTOS: CARMEM GAMBA

Leia Mais

Alex Alano se apresenta em Florianópolis

Publicado por em 04/09/2013 em Evento | 0 comentários

Alex Alano apresenta pocket show Redondas em Florianópolis

Compositor e intérprete gaúcho, o músico Alex Alano traz para Florianópolis, em formato de trio (violão, baixo e percussão), uma versão mais intimista das canções de seu mais novo disco, Redondas, lançado em outubro de 2012, no Theatro São Pedro, em Porto Alegre. O show acontece nesta sexta-feira, dia 6 de setembro, no café Coisas de Maria, em Santo Antônio de Lisboa, Florianópolis. Os ingressos custam R$ 10.
O repertório privilegia as faixas do CD Redondas e algumas resgatadas na carreira de Alex Alano. O ponto em comum é a atmosfera “sem arestas” que inspirou a criação do CD. O show traz para o palco, em versões semi-acústicas, a diversidade de sua música brasileira, com pitadas de pop, mas de sotaque universal!

Nesta apresentação única em Florianópolis, Alex Alano estará acompanhado por César "Ratão" Moraes no baixo, violão e vocais e Giovanni Berti na percussão. O show dá continuidade à proposta de divulgação do projeto, que já rendeu o Prêmio Açorianos de Melhor Compositor de MPB 2012 e que marca a retomada de sua carreira solo após anos de atividade como integrante de bandas como Venerável Lama e Cidade Baixa, ao lado de Ana Krüger (Banda Delicatessen) e Andréa Cavalheiro.
 
"Redondas é um disco suave, onde eu estou cantando manso. As canções são ao mesmo tempo simples e originais e com uma roupagem bastante criativa! O conceito de redondas, na verdade, transcende a questão musical, ele reflete o momento que estou vivendo: o fechamento de um ciclo e o começo de outro e acho que o espetáculo capta bem este clima!"
 
Em 1986, Alex Alano estreou seu primeiro show solo, Singular, Plural e Outras. Ele voltava da França, onde viveu por dois anos, e trazia na bagagem o primeiro lote de canções que marcaria o início de uma produtiva carreira de instrumentista, cantor e compositor. Em 1988 lançou o disco  Canibal, trabalho autoral que contou com a participação de grandes músicos como Alegre Correa, Renato Mujeiko, Gringo Saggiorato e Guinha Ramirez. Na década de 90 desenvolveu seu trabalho solo com diversos espetáculos no Rio Grande do Sul,  Rio de Janeiro e Belo Horizonte. De 1998 a 2000, esteve à frente da banda Venerável Lama como cantor, compositor e guitarrista, lançando dois CDs (Prêmio Açorianos de Melhor Espetáculo em 2000) e desde 2004 é uma das vozes da banda Cidade Baixa, com a qual já lançou três CDs e um DVD ao vivo (Prêmio Açorianos de Melhor CD de MPB em 2009).

ALEX ALANO – POCKET SHOW REDONDAS
Dia 06 de setembro – sexta-feira – 21h
Local: Coisas de Maria João
Rua: Rua Cônego Serpa, 57
Santo Antônio de Lisboa – Florianópolis/SC

Telefone: (48) 3338 -1937
Ingresso: R$10


LINKS PARA AS MÚSICAS:

www.alexalano.com.br     (ouça as músicas do álbum Redondas clicando em “discografia”, e depois no álbum).

www.youtube.com/user/alexalanoredondas    (vídeos do show de lançamento do álbum Redondas).

PRODUÇÃO: Engenho Music
Andrea Dórea -  (54) 9123 – 9338 / (54) 3244 – 3887 
Skype: a.dorea
alex.redondas@gmail.com
www.facebook.com/alex.alano.790?fref=ts
 

Leia Mais
Página 4 de 11« Primeira...23456...10...Última »